sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

CNT INTERIOR – TV CARIOBA (AMERICANA-SP)

CNT INTERIOR – TV CARIOBA (AMERICANA-SP)

O diploma de Bacharel em Comunicação SocialHabilitação em Rádio e Televisão – pela UNESPUniversidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - em mãos, eu busco o primeiro emprego na área.

Depois de enviar centenas de currículos por todo o Brasil, o meu primeiro emprego na área de comunicação é na TV Carioba, afiliada da CNT-Gazeta, em Americana, interior de São Paulo.

O superintendente era o Sr. Arseno Athas, a gerente administrativa a Sra. Olinda Shigueko Hoshino Shirahige e o gerente de operações o Sr. Sirso de Mazzi. Eu comecei com a operação-de-aúdio nos programas regionais da emissora de segunda-feira a sábado.

A CNT Interior tinha um único estúdio realizava cinco programas diários, um sobre marketing e outro sobre as cidades da região aos sábados e um esportivos noturno aos domingos.

O resumo do meu cotidiano era gravar a “Opinião de Nadir Roberto” com cinco minutos de duração, com apoio da Goodyear, onde o apresentador falava de assuntos do dia-a-dia.

Durante um hora, a equipe de produção gravava e editava as matérias de esportes.

Por volta das 11h00, ao vivo, o “Choque de Opiniões” com Jamil Salomão, que promovia debates sobre saúde, trabalho, educação, política e outros assuntos.

Encerrado o programa, a agitada correira de 3 minutos de intervalo comercial para aprontar o cenário do programa de esportes.
Por volta do meio-dia, o “CNT Esporte” estava no ar, com apresentação do André Ramos, com as principais notícias do esporte na região de Campinas.
Encerrado o programa, mais uma correria nos 3 minutos de intervalo comercial para aprontar o cenário do programa policial.
Por volta das 12h30, o “190 Urgente” entrava no ar, com apresentação do Flávio Barbosa, as reportagens da Cris Azenha e as matérias policias da rede CNT.
O último programa do dia era “Note e Anote”, com apresentação da Eliete Zanotti, com matérias e reportagens sobre arte, educação, culinária, moda e saúde. O quadro de culinária era gravado às terças-feiras à tarde, com a chef Marta Mortati.

Às quartas-feiras à tarde, eu participava na gravação de chamadas e comerciais da emissora. Às sexta-feiras à tarde, eu participava da edição do “Programa Martha Monteiro” com sonoplastia e GC (gerador de caracteres) e da gravação do “Entre Cidades” que debatia os problemas e as soluções dos governos municipais da região de Campinas.

Aos sábados, a cada duas semanas, eu estava na edição do programa de música "Caminhando Para o Sucesso", apresentado pela cantora Eliane de Camargo, que era exibido aos domingos às 11h30.

E, aos domingos à noite, por volta das 22h00, o programa “Mesa Redonda” com apresentação de Valdenê Amorim, participação dos jornalistas João Carlos de Freitas e André Ramos, e os comentários do ex-jogador Zenon. Jogadores e ex-jogadores dos clubes da regiãos eram os convidados do programa.


Com o meu trabalho reconhecido, ganhei liberdade e mais responsabilidades, já que passei a trabalhar com o gerador-de-caracteres, as câmeras, a edição, a iluminação, os cenários virtuais com chroma-key, roteiros de chamadas e comercias, direção de comerciais e direção de TV.

Aprendi muito com o pessoal: o gerente Sirso de Mazzi; o diretor-de-programas Marcelo Bento; o técnico Juarez da Matta; o diretor-de-imagens Wagner Brianez; a operadora-de-GC Edmea Tamashiro; o cinegrafista Luciano; os editores Gilberto Caracanha, Muniz e Itamar; os operadores do switcher-mestre Tarcísio Depintor, Brito, Ricardo Silva e Claudinei Caracanha.

Após de 14 meses na CNT Interior, eu sai em busca de novos desafios. O primeiro deles, ser o sócio-gerente da Auê – Produções Artísticas Ltda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário